Domingo de Ramos 2021



Data comemorativa do calendário religioso bastante movimentada em todo o Brasil e no mundo, o Domingo de Ramos dá início à semana de maior destaque para o catolicismo romano, que é a Semana Santa.

Tal importância se dá especialmente devido à Páscoa, quando os cristãos celebram a ressurreição de Jesus, que a Bíblia conta ter voltado à vida no domingo de Páscoa.



Domingo de Ramos
Domingo de Ramos
Portanto, com a celebração do Domingo de Ramos tem início a semana da Paixão, Morte e Ressurreição do Senhor, dia em que os cristãos católicos, ortodoxos e algumas ramificações protestantes iniciam a memória de tudo o que creem que Jesus tenha feito para redimir os seus e livrá-los do pecado e da condenação eterna.
Mas e o Domingo de Ramos, o que é e o que representa? É isso o que hoje vamos esclarecer para você, que por algum motivo qualquer deseja obter mais informações sobre as comemorações feitas nesse dia!

O que é o Domingo de Ramos?

No cristianismo, o Domingo de Ramos é o domingo antes da Páscoa. Neste dia o que se recorda é a triunfal entrada de Jesus em Jerusalém, montado em um jumentinho e alegremente saudado pela multidão que o recebeu agitando ramos de palmeira com devoção e amor.

A multidão, reunida pelas vozes da chegada de Jesus, espalhou suas capas no chão, enquanto outras cortavam galhos das árvores ao redor e, sacudindo-as festivamente, as honraram.

Saiba também sobre o Natal 25 de dezembro, nascimento de Jesus Cristo


Essa data comemorativa é observada por católicos, ortodoxos e algumas igrejas protestantes, conforme dissemos anteriormente, que são as igrejas que costumam celebrar essas tradições.

Na forma ordinária do Rito Romano é também chamado Domingo da Paixão do Senhor, em referência ao que ele estava prestes a enfrentar após adentrar a cidade de Jerusalém.

Na forma extraordinária, a paixão do domingo é celebrada uma semana antes, então o Domingo de Ramos também é chamado de “segundo domingo de paixão”.

Essa é uma festa móvel, ou seja, todos os anos ocorre em uma data diferente. Isso se deve ao fato de a própria Páscoa ser uma solenidade de data móvel, à qual o Domingo de Ramos está atrelado, já que ele obrigatoriamente ocorre no domingo anterior à Páscoa.

E tudo isso está ligado à celebração da Quaresma, que sempre se inicia na Quarta-Feira de Cinzas, que também é uma festa móvel. Ou seja, trata-se de um grande conjunto no qual diversas solenidades estão envolvidas. Não a toa, trata-se da maior celebração cristã em todos os tempos.

Tradição Judaica

O episódio refere-se à celebração do feriado judaico de Sucot, a chamada “Festa das Cabanas”, na qual os fiéis vieram em peregrinação a Jerusalém e foram ao templo em procissão.

Cada um carregava em sua mão e agitava o lulav, um pequeno feixe composto de galhos de três árvores, a palma, o símbolo da fé, a murta, o símbolo da oração que se eleva para o céu, e o salgueiro, cuja forma das folhas referidas na boca fechada dos fiéis, silenciosamente diante de Deus, unidos com uma folha de grama.

Muitas vezes, anexado ao centro havia uma espécie de cedro, o etrog (o bom fruto que Israel unido representava para o mundo).

O caminho foi pontuado pelas invocações da salvação (Hosana, em hebraico Hoshana) com o que com o tempo se tornou uma celebração coral, uma explosão de alegria, da libertação do Egito: após a passagem do Mar Vermelho, as pessoas durante quarenta anos tinham vivido sob tendas, em cabanas; de acordo com a tradição, o esperado Messias teria se manifestado durante essa festa.

Costumes da devoção popular

Geralmente os fiéis que participam das celebrações levam para casa os ramos de oliveira e palmeira abençoados pelo Sacerdote, para preservá-los como símbolo de paz, trocando parte com parentes e amigos.

Em algumas regiões, é usado que o chefe da família usa um pequeno ramo, mergulhado na água benta durante a vigília pascal, para abençoar a mesa preparada no dia da Páscoa.

Esses e muitos outros costumes constituem uma série de costumes de devoção popular praticados pelas pessoas que acreditam firmemente nesses eventos e os celebram em memória do Senhor.

Nesse Domingo de Ramos, desejamos que a fé aqueça o coração de todos os brasileiros e que as bênçãos de Deus sejam derramadas sobre a nossa Pátria!

Ver também

TUDO SOBRE:

Comentários