Você sabe em qual fase do seu período menstrual você está?



A maioria das mulheres, não fazem ideia em qual fase do seu ciclo menstrual ela está. Está informação é extremamente importante para ajudar no controle dos sintomas hormonais referentes a cada fase. O início da fase menstrual os ciclos são bem irregulares e com o tempo eles se tornam mais regulares. Algumas mulheres podem ter sintomas mais intensos que outras, esses sintomas são conhecidos como TPM.



Para saber em qual período do seu ciclo menstrual você se encontra é importante que o conheça, para isso o calendário menstrual pode ajudar. Através do calendário menstrual você saberá em qual fase do seu ciclo está. O calendário menstrual pode ajudar a evitar ou a planejar uma gestação, a se preparar para os sintomas da TPM e não ser pega de surpresa. Vamos falar um pouco sobre cada fase do período menstrual, como usar o calendário menstrual e tirar dúvidas sobre cada fase.

O início de tudo: A primeira menstruação

A primeira menstruação

A primeira menstruação deve ocorrer por volta dos 12 anos, mas hoje é bem comum que ocorra por volta dos 9 anos em algumas meninas. Essa precocidade menstrual acontece devido a fatores hormonais, influencia alimentar ou estilo de vida.

Essa primeira menstruação é chamada de menarca e geralmente antes que ela aconteça alguns sinais se tornam visíveis. Entre eles pelos pubianos, crescimento das mamas, aumento de peso e dos quadris.

Junto com essa primeira menstruação a menina geralmente sente dores abdominais mais intensas, sentimentos como irritabilidade, tristeza podem surgir. Raramente é necessário intervir com medicações, na maioria dos casos a bolsa de água quente ajuda.

Quando a menina estiver próxima à fase da primeira menstruação, ela deve ser preparada com uma boa conversa e estar sempre com um absorvente na bolsa.
Essa conversa evita que a menina passe por constrangimentos durante essa fase e torna o processo muito mais natural.


Características da menstruação: Preciso me preocupar?

Seja na primeira menstruação ou na milésima, sempre devemos nos preocupar com alterações de cor e cheiro da menstruação.

A cor da primeira menstruação pode assustar um pouco. Já que ele tem uma coloração marrom escuro, mas logo a coloração deve alterar para tons de rosa ou vermelho. O tom escuro tem mais a ver com questões hormonais, por isso não gera preocupações. Já a em relação ao odor, a menstruação tem um cheiro característico. Deve se tornar uma preocupação quando o cheiro ficar forte demais, como o cheiro de um peixe podre, aí precisa de atenção médica.

Quando há mudanças nas características comuns da menstruação pode se tratar de quadros infecciosos. Por isso é necessário realizar uma consulta médica, para verificar se há qualquer alteração importante. Outro ponto que deve ser observado é a questão do fluxo, se tiver alteração significativa, para mais ou para menos consulte um médico.

Calendário menstrual: O que é?

Esse é um método utilizado para prever com maior precisão o momento em que a próxima menstruação irá acontecer. Ou para as mulheres que desejam engravidar, em qual momento elas estarão no período fértil.


Para que o método funcione a mulher precisa ter um controle sobre a duração do período menstrual, que se caracteriza pelo primeiro dia da última menstruação e o período total do fluxo.

Assim é possível calcular quando será a data da próxima menstruação e o dia em que a mulher estará em um período fértil e ovulando.

Esse cálculo é mais fácil quando a mulher tem um período menstrual regular, significa que ela tem o mesmo tempo entre todos os ciclos.

Mas fique tranquila, mesmo que você não tenha um período tão regular é possível calcular da mesma maneira. Com esse calendário você saberá quando ficará menstruada ou se quiser engravidar fica mais fácil saber o período ideal.

Calendário menstrual: Funciona para quem toma anticoncepcional?

O método utilizado para criar um calendário menstrual se resume em considerar os ciclos em que a ovulação acontece. As mulheres que usam os anticoncepcionais o período de ovulação não acontece.

Outros métodos contraceptivos que não hormonais não atrapalham para o cálculo da tabela.

A partir da realização desse calendário a mulher pode conhecer mais seu corpo, já que o ciclo menstrual de cada mulher é diferente. Assim como os sintomas sentidos por ela, como a TPM. Com essas informações a mulher também consegue observar quando a mudanças na sua saúde.

Se você deseja engravidar saber o período em que você estará fértil ajudará a acelerar esse processo. Ou no caso se você quer evitar uma gestação também pode ajudar.

Evita ter que cancelar algum compromisso desejado porque a menstruação chegou. Quantas vezes você não teve que cancelar uma consulta médica ou uma viagem para praia por estar menstruada?


Calendário menstrual: Como calculo minha próxima menstruação?

Quando a mulher tem um ciclo mais regular isso se torna uma tarefa mais fácil, já que toda menstruação acontecerá na mesma data.

Para que você comece a realizar esse cálculo, anote o primeiro dia da sua menstruação.  O início do seu clico menstrual deve ser anotado a partir de um fluxo mais intenso, e não quando surge aquela borrinha.

O último dia do ciclo será a data da sua próxima menstruação, por isso anote essas duas datas, vamos a um exemplo.

Sua menstruação veio no dia 1 de junho e o outro ciclo iniciou no dia 3 de julho. Então você contará a partir do 1 de junho até o dia 2 de julho, com um ciclo aproximado de 33 dias.

Aqui você já sabe por quanto tempo dura seu período menstrual e saberá em que data aproximada acontecerá sua próxima menstruação. A média dos ciclos é 28 dias.

Tabelinha: Como eu faço a minha?

Tabelinha do ciclo menstrual
A primeira parte para se construir uma tabelinha é saber a duração do ciclo menstrual, isso você já aprendeu, agora vamos aprender a usar a tabelinha.

A maior parte das mulheres possuem um ciclo de 28 dias, para essas mulheres o período fértil deve ocorrer 14 dias após o primeiro dia da menstruação. Esse é o período em que a mulher estará fértil, ou seja, estará ovulando.

Lembrando que essa não é uma data precisa, já que muitos fatores podem estar envolvidos. Esse cálculo pode ter um erro aproximado de 2 a 3 dias para mais ou para menos.

Para algumas mulheres esse método funciona como método contraceptivo, outras preferem usar para engravidar mais rapidamente. Como método contraceptivo ele pode ser meio arriscado, por isso a recomendado usar outra forma de contraceptivo. Se você quiser ter certeza que está ovulando, pode comprar um teste de farmácia para confirmar a ovulação.


Ciclo Menstrual: Quais são as fases?

O ciclo menstrual é muito diferente para cada mulher, mas um padrão seria de 28 dias. E durante esse período esse ciclo se divide em três fases, separadas de acordo com as alterações hormonais que cada mulher passa.

Do 1º ao 7º dia é o período que acontece a menstruação, chamado de período infértil.

8º ao 19º dia em que a mulher está fértil, ótimo para quem deseja engravidar.

Do 20º ao 28º dia é um período infértil, nessa fase o prazo de validade dos óvulos já passou e o corpo se prepara para a próxima menstruação.

Aproximadamente no 14º dia do ciclo menstrual, acontece o momento da ovulação. Esse momento é controlado pela glândula hipotálamo, que faz a liberação dos hormônios durante essa fase do ciclo menstrual. Quando o óvulo não é fecundado o corpo se prepara para dar início a um novo ciclo, ocorrendo um novo período menstrual.

Período fértil: Quais são os sinais que meu corpo mostra?

Muitas mulheres não observam mais o corpo sempre dá sinais de que o período fértil se aproxima. Um desses sinais é o aumento do muco vaginal, surgimento de acne, dores no ventre, maior apetite, temperatura elevada e aumento da libido.

O corrimento da mulher muda e fica com um aspecto parecido com uma clara de ovo, essa mudança permite que o espermatozoide se movimente mais facilmente até o colo do útero. Se perceber essa mudança significa que a ovulação está bem próxima de acontecer.


Algumas mulheres ainda podem sentir inchaço e dores nos seios, sensação de aumento do peso, náuseas, enxaquecas e alterações no humor.

Algumas mulheres podem ter irregularidades por diversos fatores como, questões psicológicas, excesso de atividades físicas, alterações hormonais e humor. Aumento de peso também pode interferir, distúrbios alimentares, problemas na tireoide, infecções, ovários policísticos, menopausa e até estresse podem afetar. O correto é buscar orientação médica.

TPM: O que é e como aliviar os sintomas

Os sintomas da TPM geralmente acontecem cerca de 2 semanas antes da menstruação. Algumas mulheres podem ter esses sintomas intensificados quando usa anticoncepcional outras podem ter os sintomas controlados com o uso.

Algumas dicas para melhorar os terríveis sintomas da TPM, suco de maracujá, chá de camomila, valeriana ou erva de São João para aliviar a irritação.

Para aliviar a fome, pera, mamão, ameixa, são ricos em fibras e aumenta a saciedade. Para aliviar o mau-humor, com um bombom de chocolate meio amargo. Diminua as cólicas com 50 gramas de abóbora ou com chá de agnocasto.

Reduza a ansiedade com os chás de camomila, valeriana, beba de 2 a 3 xícaras por sai. Acabe com o inchaço que acontece nesse período com 2 fatias de melão ou melancia.

Se essas dicas caseiras não aliviarem os sintomas, marque uma consulta com seu ginecologista para uma avaliação clínica para redução dos sintomas.
TUDO SOBRE:

Comentários